Informação da Publicação

Título Enfermagem na Prevenção e Controle de Infeção do Trato Urinário no Serviço de Medicina do Hospital Dr. Baptista de Sousa
Autor(es)
Palavras-chave
Prevenção
Controle
Infeção Urinária
Cuidados de enfermagem
Data 2023
Resumo
A infeção do trato urinário é uma patologia que acomete o sistema urinário, através da proliferação de microrganismos nomeadamente as bactérias, e quando este não é tratado resulta em complicações graves. A infeção do trato urinário é considerada uma infeção comum que mais prevalece na população de todas as idades e género, no entanto representa um grande problema para a saúde pública com inúmeros casos de utentes com a infeção internados nos hospitais. O presente estudo tem como objetivo descrever as medidas de prevenção e controle de infeção urinária desenvolvida pelos enfermeiros do serviço de medicina no hospital Dr. Baptista de Sousa. A metodologia escolhida para este estudo é de abordagem qualitativa, descritiva, exploratória e fenomenológico, tendo sido usado como instrumento de recolha de informações a entrevista semiestruturada. A análise de resultados foi feita através do método de análise de conteúdo de Bardin (2009). Os resultados realçaram que as medidas de prevenção e controle de infeção do trato urinário são educação para a saúde como (beber água, higiene íntima de forma correta, evitar duches vaginais, relações sexuais de forma protegida), técnica assética para o cateterismo vesical e manuseio do mesmo, manter o saco coletar suspenso, usar dispositivo urinário externo como alternativa, estar atento aos sinais e sintomas clínicos, evitar a retenção urinária de forma espontânea. As principais dificuldades mencionadas no âmbito da prevenção e controle são a falta de recursos humanos para atuação nos cuidados e prevenção primários, quando o utente não cumpre as recomendações feitas pelo profissional de saúde, a não adesão ao tratamento, quando o utente não consegue ingerir uma quantidade de líquido para compensar as perdas urinárias como é o caso dos idosos, diabéticos, utentes com insuficiência renal pelo fato de terem a diurese alta e retenção de líquidos. Quanto a importância do enfermeiro ficou evidente que estes têm conhecimentos suficientes para elaborar um plano de cuidados para os utentes com infeção urinária, o que permite diminuir as complicações e consequentemente a duração da hospitalização. Conclui-se que a enfermagem é importante na prevenção e controle das infeções urinárias pois a atuação do enfermeiro vem desde o nível primário, secundário e terciário. Prevenindo para evitar o aparecimento da doença, atuando no tratamento quando a doença já está instalada no organismo de forma eficiente para evitar complicações e na reabilitação nas situações onde não foi possível evitar as sequelas da doença.
Tipo Monografia Licenciatura - Monografia
URL https://drive.google.com/file/d/1nQ-iJ5ytrWX9e97IkAr4BW4mkUb-jqRE/view?usp=sharing
URL_Anexo
Ficheiro