Informação da Publicação

Título O impacto psicossocial do estrabismo
Autor(es)
Palavras-chave
Visão binocular
Estrabismo
Desenvolvimento humano
Desenvolvimento psicossocial
Impacto psicossocial
Data 2020
Resumo
Ao nascimento, a capacidade de se adaptar sensorialmente a uma situação fisiológica ou patológica é máxima, devido ao periodo de maior plasticidade e vai diminuindo com a idade. Durante o periodo de plasticidade, se ocorrer alguma alteração a nível ocular, a criança desenvolve mecanismos de adaptação a essa alteração. A visão binocular normal consiste na capacidade do cérebro e do córtex visual de fundir e integrar a imagem recebida de cada olho em uma única percepção, implicando fusão bifoveal e um alto grau de estereopsia. Uma das alteraçãoes que se dá a nível da visão binocular, e que será um dos pontos importantes nesse trabalho, é o estrabismo. O estrabismo é uma alteração da visão binocular que apresenta uma prevalência mundial de (2.1%) a (3%) nas crianças, podendo este ter consequências tanto a nível visual como a nível social ou psicossocial, afetando crianças e adultos estrábicos.
O impacto psicossocial negativo, começa a afetar crianças normalmente a partir dos 4 anos de idade, e problemas como baixa auto-estima, isolamento social, discriminação e dificuldade de comunicação estão entre os principais estigmas ou sentimentos associados ao estrabismo. Tendo isso em conta, este trabalho consiste em realizar uma revisão da literatura em relação ao impacto psicossocial do estrabismo.
Foram recolhidos artigos que abordam o tema ou que abordam alguns outros aspectos que estão relacionados com o tema, seguindo os critérios de inclusão e exclusão definidos e que vão estar apresentados na metodologia do presente trabalho.
Um dos objetivos que levou a realização deste trabalho foi procurar saber quais os impactos psicossocias do estrabismo.
Os resultados encontrados neste trabalho, suportados pelos artigos recolhidos, apresentam o impacto psicossocial do estrabismo, demonstrando que os problemas apresentados por pacientes estrabicos são: baixa autoestima, baixa autoidentidade, isolamento social, dificuldades de relacionamento com os pares, bem como problemas no seio familiar e no ambiente de trabalho.
Tipo Monografia Licenciatura - Monografia
URL https://drive.google.com/file/d/19ApDtuR3ShUBXP5uCZGe3LMMood2zj15/view?usp=sharing
URL_Anexo
Ficheiro